Ponto de vista

PONTO DE VISTA: Caiu como bomba nas redes sociais de OPO – Diárias de Vereadores é Legal, Imoral ou só deu o que falar?

Share Button

Ponto de vista Não existe nada de ilegal em vereador receber diárias, só que não foi essa a questão colocada pelos internautas nas redes sociais, são os valores das diárias. Como todos os políticos em todo o Brasil andam na corda bamba, aqui não seria diferente, para o eleitor a diferença entre políticos é só a forma de pedir o voto, “cada um inventa sua estratégia de campanha, até serem eleitos”, depois no poder, todos se tornam iguais.

Poucos eleitores sabem separar a legalidade da imoralidade, inclusive nem o próprio político sabe, mas na verdade é que a legalidade está sempre ao lado da imoralidade, basta escolher em que lado andar, e no uso de verbas públicas os fins não justificam os meios, aí que mora o diferencial, por isso esperamos que os governantes não se achem estar acima da Lei e da Ética, fazendo na força, que os fins justifiquem os meios.

Voltando a Ouro Preto do Oeste/RO, a divulgação das diárias postada sobre a foto colocada por um dos parlamentares em sua rede social, “foto que era para ser inocente e apenas retratar que nossos vereadores estão se reciclando, aprendendo a melhorar suas qualidades como servidor público“, mais do que certo.

Só que vendo os valores das diárias sobrepostas à foto espalhada de forma viral na internet, fica impossível a população não comparar e associar o montante, aos salários pagos a funcionários públicos de carreira, inclusive a remuneração dos professores, agrava mais ainda, quando se diz que estas diárias são referentes há três dias, para pagamento de estadias, transportes e alimentação, ao associar valores, aí que se vê a discrepância, a maioria dos funcionários públicos e professores “se viram nos trinta” para passar todo o mês com esta mesma quantia.

Pela minha simples visão de jornalista, mesmo que os dizeres tenha pegado pesado com os vereadores, agora não é hora de brigar ou de tentar justificar com notinhas ou com ameaças, como a desastrosa nota de repúdio da União de Câmaras e Vereadores de Rondônia (UCAVER), que em um trecho diz: “… Essa publicação IRRESPONSÁVEL não ficará sem punição, a UCAVER vai denunciar na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cybernéticos (DRCC) e os responsáveis terá que responder pelos seus atos na justiça”, (Trecho da postagem da forma recebida), isso ameaça a Liberdade de Expressão Jornalística de apresentar fatos a sociedade.

Estas declarações insultam a inteligência do eleitor e de toda a população, a coisa mais certa na visão dos internautas nas redes sociais, que as pessoas que foram citadas, apenas prestem conta de seus gastos, “já que tem o direito de usar diárias para quaisquer atividades em prol da população”, e que devolva as sobra em sua totalidade aos cofres públicos, como é feito em todas as empresas de credibilidade no país, (sem querer comparar), isso tornaria o legal em legal, e não no imoral.

Sabemos que agora aparecerão muitos para crucificar do que aconselhar, conforme esta declaração recebida por Whatsapp, onde se se diz da “Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania”: Estamos promovendo medidas judiciais em Vilhena, Cerejeiras e Porto Velho para ver se é reconhecido a ilegalidade de concessão de diárias para Vereadores em razão da interpretação do art. 31 da CF que dispõe sobre a atribuição e competência da Casa Legislativa que é o de fiscalizar o Poder Executivo, aprovar Leis e representar a comunidade da sua circunscrição.
As medidas aprovadas infraconstitucional pela Casa, seja concessão de diárias, auxílios diversos e outros penduricalhos, são sujeitos a declaração judicial de irregular e ilegal.
Vamos chegar em Ouro Preto. Aguardem.
(Caetano Neto presidente da Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania). “Postagem na integra da forma recebida”.

 

Por: Wellington Gomes
Esporteenoticia.com

 

Commentarios


Este Post Foi Útil:

0 votes, 0 avg. rating

wellington gomes - .

Share Button

Jornalista

Commentarios