domingo, maio 19, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioColunistasCasos de assédio sexual são denunciados por alunas da UNIR, reitoria decidiu...

Casos de assédio sexual são denunciados por alunas da UNIR, reitoria decidiu suspender as aulas e reforçou segurança do campus

A reitoria da Universidade Federal de Rondônia (Unir) se pronunciou oficialmente na manhã desta segunda-feira (17), e informou que os três casos de assédio sexual, denunciados por alunas da instituição, serão investigados.

Por conta das denúncias de casos de assédio, problemas estruturais na universidade e falta de segurança, a reitoria decidiu por suspender as aulas na última quinta-feira (13).

A universidade destacou ainda, que como resultado desta ação foi constatado que pelo menos um caso de assédio, teria ocorrido há algumas semanas, mas que não teria havido desfecho conclusivo, tampouco foram realizados os informes necessários para que medidas preventivas pudessem ser tomadas.

A Unir afirmou que caberá uma investigação se houve inoperância, desídia ou prevaricação, as quais serão investigadas por meio de comissões de sindicância ou processos administrativos disciplinares, conforme legislação pertinente. A reitoria lamentou os casos ocorridos, pediu desculpas e disse que não poupará esforços para identificar o agressor, ou agressores, para que possam ser exemplarmente punidos dentro do devido processo legal, enfatizando que levará informações e documentos que tem em mãos para as autoridades competentes.

Segurança
Em relação à segurança, a reitoria informou que enviou ofícios à Polícia Militar solicitando necessário apoio em ações de segurança no campus. Perante os fatos recentes, a reitoria está reiterando esses documentos, incluindo na solicitação a Patrulha da Lei Maria da Penha, bem como uma audiência com os responsáveis pelos órgãos de segurança.

De acordo com a Unir, a empresa de vigilância privada contratada vai intensificar a segurança nas dependências da instituição para garantir a segurança de todos.

A reitoria informou ainda, que serão tomadas todas as medidas para investigar e, se necessário, punir os agentes públicos que tenham cometido comportamentos não condizentes com a vida civilizada e com as suas obrigações legais, regimentais e éticas, bem como a usuários ou transeuntes nos espaços da instituição que também tenham infringido às normas de convívio em nossa sociedade.

A universidade pede que todas as vítimas de assédio ou importunação sexual informem se houver novos boletins de ocorrências, ou mesmo registros anteriores que ainda não tenham sido entregues, podendo ser encaminhados para a instituição por e-mail https://procea.unir.br/pagina/exibir/17222), Ouvidoria Geral (https://ouvidoria.unir.br/homepage), ou mesmo para a Administração Superior, pessoalmente ou pelo correio eletrônico vice-reitoria@unir.br.

 

Por: RondoniAgora
Esporteenoticia.com

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments