quinta-feira, dezembro 1, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioCampanhaEleito neste domingo (30) o novo prefeito de Vilhena/RO, Delegado Flori, depois...

Eleito neste domingo (30) o novo prefeito de Vilhena/RO, Delegado Flori, depois que Eduardo Japonês, e sua vice, Patrícia, tiveram seus mandatos cassados

Delegado Flori (Pode) foi eleito prefeito de Vilhena (RO) nas eleições suplementares que aconteceram neste domingo (30). Ele tem como vice de chapa Aparecido Donadoni (PP). A vitória do candidato foi divulgada às 18h. Com 82,69% das urnas apuradas, o candidato tinha mais de 25 mil votos, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A apuração das urnas encerrou às 18h10. O Delegado Flori foi eleito com 63,14% dos votos (30.111), enquanto a adversária Rosani Donadon (PSD) ficou com 36,86%. Eleito, o delegado da Polícia Federal Flori Cordeiro deve seguir no cargo de prefeito até o fim do mandato presente, que encerra em 2024.

Biografia

Flori Cordeiro tem 43 anos e é natural do estado de São Paulo. Ele atuou como advogado por sete anos e depois se tornou servidor público federal. O candidato é delegado da Polícia Federal há pelo menos 15 anos, em Rondônia. Ele já foi chefe da corporação em Porto Velho, Ji-Paraná (RO) e Vilhena (RO).

Um dos marcos na carreira de Flori foi sua participação no desmanche de um esquema que desviou mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos. O então prefeito de Vilhena chefiava a organização criminosa e foi preso durante operação da PF coordenada por Flori.

Quatro anos depois, em 2020, outra operação comandada pelo delegado resultou na prisão de quatro prefeitos por suspeita de crimes contra a administração pública, em um esquema de propina. O candidato declarou um patrimônio de R$881.677,64 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Motivo da eleição municipal em Vilhena

A cidade de Vilhena terá nova eleição municipal depois que o então prefeito, Eduardo Japonês, e a vice-prefeita, Patrícia Aparecida da Glória, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. Eles foram condenados por abuso de poder político e prática de condutas vedadas aos agentes públicos, em junho deste ano.


Por:
g1/RO
Esporteenoticia.com

 

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments