domingo, setembro 25, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioEscolhas do EditorEnfermeiros e técnicos da saúde de Ouro Preto vão à Sessão da...

Enfermeiros e técnicos da saúde de Ouro Preto vão à Sessão da Câmara Municipal, pedir ajuda para regularização do piso salarial das categorias

A última Sessão da Câmara Municipal da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste/RO, que ocorreu no início da noite desta segunda-feira (19) ficou marcada com a presença de uma comissão dos enfermeiros e técnicos da saúde que prestam serviços no município, para pedir ajuda na regularização do piso salarial das categorias.

Durante a Sessão, a mesa principal da presidência ficou coberta por uma faixa preta com os dizeres: “Sem Enfermagem Não Há Saúde”, os profissionais através dela, expressavão total descontentamento com a decisão monocrática do STF de adiamento da norma aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente da República, a Lei que fixa o pisos salarial das categorias, a comissão, também afixou cartazes um para cada vereador, constando seus nomes e uma mensagem exclusiva. (Veja nas fotos abaixo).

Em tribuna, a enfermeira Elaine Ribeiro (vice-presidente STPMOP-Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Ouro Preto), falou da importância da enfermagem no município e deixou bem claro de que a classe, não precisa de reconhecimentos dos vereadores, porque reconhecimento já tem de todos, o que precisão é de ações práticas em prol das demandas em andamento.

Elaine ainda fez uma correção à palavra de um dos vereadores, que disse: “estou acompanhando o sofrimento dos prestadores de serviços na saúde desde o início da pandemia, e que sou sabedor do desdobramento para darem assistências aos necessitados com doenças diversas que lotam os hospitais, prontos-socorros e postinhos da cidade”.

A Enfermeira salientou de que, todos os atendimentos não são encarados como sofrimento e sim com alegria, usando palavras abertas e para o bom entendimento de todos, disse abertamente: “para muitos, mexer com “bosta e mijo”, limpar a “bunda cagada” de outra pessoa pode até ser sofrimento, mas para nós que trabalhamos com a saúde e pela saúde, é um prazer poder ajudar estas pessoas necessitadas”.

Elaine também falou das altíssimas cargas de trabalhos e falta de pessoal, disse isso que torna seus trabalhos puxados, plantões seguidos de forma quase desumana, alegou que muitos servidores durante o plantão, ficam sem o café da manhã por não ter tempo e ou um substituto, até para beber água fica difícil com a correria diária, mesmo nessa correria, o sorriso sempre aparece estampado na face de cada servidor da saúde, na hora de atender um paciente.

Ela ainda ressaltou que, não estão ali pedindo aumento de salários, deixando bem claro que as reivindicações, também não são para teto salarial, e sim para o piso que é o mínimo que toda categoria trabalhadora deve ter garantido por Lei, já que esta é a única segurança que garante o valor salarial de uma categoria; informou também que o prefeito Alex Testoni já declarou todo apoio à categoria, e prometeu que assim que a Lei for liberada pelo STF, sem dúvida irá conceder no imediato o piso taxado por Lei, ela pediu aos parlamentares que os ajudassem nesta cobrança, e agradeceu a todos os vereadores pelo apoio incondicional.

A presidente da Casa de Leis, vereadora Rosária Helena (União Brasil), declarou todo apoio à categoria com aprovação de todos os vereadores, e informou que a responsabilidade da criação do projeto é exclusivo do Executivo, mas a Câmara Municipal cobrará a rapidez, logo que a Lei for liberada; ainda prometeu chamar todos os representantes das categorias de Enfermagem, Técnicos, Sindicato e pessoas ligadas, para ajudarem à analisar e acompanhar o projeto, até a sua aprovação final.

Além dos vereadores presentes, ainda fizeram presença a professora, Soeli Cristina Mageski (Presidente STPMOP-Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais de Ouro Preto), e disse que o sindicato está firme junto na luta da enfermagem e técnicos da saúde e que esta a disposição de todos os servidores municipais.

Esteve presente também, Sebastião Pereira da Silva, presidente do IPSM/OPO (Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Ouro Preto do Oeste) em tribuna, falou do bom andamento do Instituto e solidarizou à luta dos enfermeiros e técnicos da saúde, afirmou também que esta cuidando da previdência de todos os servidores e, anunciou que em breve lançará em caráter de transparência um informativo contendo valor total aplicado pelo Instituto, a forma de administração dos béns, além de outros dados de relevância que serão distribuídos à todos os servidores, para deixa-los bem informados.

(Clique Aqui; Veja e Assista à Sessão na Integra)

 

Por: Wellington Gomes
Esporteenoticia.com

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments