quinta-feira, abril 25, 2024
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioColunistasHomem envolvido em chacina que matou por engano moradores de Ouro Preto...

Homem envolvido em chacina que matou por engano moradores de Ouro Preto em Buritis, a MP/RO obteve condenação por 35 anos de prisão

O Ministério Público de Rondônia (MPRO), por meio da 4ª Promotoria de Justiça de Ariquemes e Núcleo de Apoio ao Júri (NAJ), obteve a condenação de 35 anos de prisão em regime inicial fechado, do réu G.C.T.C, preso no momento da leitura da sentença, por contratar atiradores para executar um homem em Buritis.

O julgamento aconteceu na terça-feira (15/8) na 1ª Vara Criminal de Ariquemes. Os jurados entenderam que o réu deve ser responsabilizado por três homicídios qualificados.

Segundo os Promotores de Justiça Leonardo Castelo Alves e Elias Chaquian Filho (NAJ), que participaram do júri, o crime foi arquitetado por vingança e gerou as mortes de pessoas inocentes, executadas por engano.

O crime aconteceu em abril de 2012. O réu contratou quatro homens para executar uma pessoa identificada como José, suspeito de ter matado o pai do denunciado.

Nas proximidades da propriedade da vítima, acreditando se tratar do veículo do alvo, os pistoleiros atacaram uma caminhonete que passava pelo local. Porém, dentro do carro estavam, na verdade, um policial civil e um policial penal, que revidaram com tiros, e mais duas pessoas.

Dois dos executores contratados e as quatro vítimas que estavam no carro morreram na emboscada durante a troca de tiros.

O réu já havia passado por julgamento na cidade de Buritis, onde foi absolvido. Mas o Ministério Público recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça o submeteu a novo júri, desta vez em Ariquemes. Então G.C.T.C foi condenado e preso no momento da sentença, a pedido do MP.

 

Por: MP/RO
Esporteenoticia.com

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments