quinta-feira, dezembro 1, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioColunistasOuro Preto continua com a BR 364 interditada sem previsão de liberação,...

Ouro Preto continua com a BR 364 interditada sem previsão de liberação, mas ambulâncias e outros têm passagens liberadas; a PFR no local, disse não poder pronunciar

No fim da manhã desta terça-feira (01), nossa reportagem compareceu ao local da interdição da BR 364 no perímetro Urbano da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste/RO na saída da cidade, sentido Ji-Paraná, em frente à AABB; os manifestantes informaram que a interdição continua sem previsão de liberação, a Polícia Federal Rodoviária que estão no local, disse de forma educada a nossa reportagem, que não poderiam pronunciar sobre a situação por ordens de seus superiores que estão concedendo entrevistas somente na capital do estado, Porto Velho.

Conforme os manifestantes às ambulâncias, carros com crianças, grávidas e doentes têm passagens liberadas a qualquer momento, porém os ônibus e carros pequenos estão sendo liberados conforme autorização, alguns de um lado da pista, depois do outro e assim todos que precisarem atravessar, serão autorizados.

Nossa reportagem indagou alguns dos caminhoneiros no local, perguntando se eles estariam parados ali, sendo obrigado; todos responderam que não e que estavam por livre e espontânea vontade, lutando com a população pelas mesmas causas; perguntamos também, por que causa vocês estão lutando? Muitos não souberam responder, outros apenas disseram: “estamos parados por protesto contra às injustiças cometidas contra o presidente Bolsonaro, pelo o Supremo Tribunal Federal (STF)”.

Recebemos informações de que a ponte da Cidade de Jarú, após a determinação judicial para liberação do trânsito que estava bloqueado, os manifestantes à liberáram, porém os caminhoneiros continuam estacionados às margens da BR-364, nos pátios dos postos de combustível e em frente aos estabelecimentos comerciais.

Fomos informados também, de que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) já requisitou o apoio da Força Nacional de Segurança para garantir a liberação de estradas que estão sendo bloqueadas ilegalmente em todo o país, o diretor-geral da PRF, Silvinei Vasques, ainda informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que pediu os reforços.

Segundo balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal, há bloqueios em pelomenos 227 rodovias federais; Silvinei disse que essa medida é necessária para união de esforços e os detalhes da ação conjunta ainda vão ser definidos durante reunião entre a PRF e o Ministério da Justiça.

 

Por: Wellington Gomes
Esporteenoticia.com

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments