quinta-feira, dezembro 1, 2022
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
InícioColunistasTorcedores ouropretenses extravasam nas ruas e bares da cidade, com o grito:...

Torcedores ouropretenses extravasam nas ruas e bares da cidade, com o grito: “Flamengo tricampeão da Libertadores”; Gabigol 19 e 22 e Zico em 81

Flamengo tricampeão da Libertadores/22 e iguala aos maiores, nessa categoria, no Brasil. O tricampeonato veio contra o Athletico-PR, em Guayaquil-Equador, na tarde deste último sábado (29) e, os torcedores ouropretenses extravasam nas ruas e bares da cidade com o grito: “Flamengo tricampeão da Libertadores”, com Gabigol  nos anos de 2.019 e 22, e com Zico, no ano de 1.981.

A torcida do Flamengo cantando a música “Em Dezembro de 81” relembrando Zico, mas o predestinado é o camisa 09 do Flamengo, Gabigol em 2.019 marcou o os dois gols que deu o bicampeonato aos flamenguistas, agora em 2.022 volta marcar e carimbar o tricampeonato, ultrapassando e superando todos, inclusive a turma dos anos 1.980.

Os títulos do Flamengo foram: em 1981, contra o Cobreloa, do Chile; em 2019, diante do River Plate, da Argentina; este ano 2022, sobre o Athletico-PR do Brasil; agora aguarda o provável adversário na final do Mundial de Clubes, entre Flamengo x Real Madrid, a delegação do Fla já mandou o aviso aos gritos “a hora deles vai chegar” puxado pelo vice-presidente de futebol, Marcos Braz, porém, David Luiz e Léo Pereiras se mostraram constrangido com essa atitude, pedindo moderação.

Sem ter nada com isso, os torcedores da Estância Turística de Ouro Preto do Oeste/RO, voltam às ruas a menos de uma semana, depois da conquista do tetra campeonato Copa do Brasil na última quarta-feira (19) sobre o Corinthians/SP, confirmando a tese de que os jogos do Flamengo, especialmente às finais, sempre alavancam a economia local.

Já está comprovado que os jogos, principalmente os do Flamengo, independente de ser final, ou não, fomentam a economia da cidade, criando mais uma forma de os comerciantes ganharem um dinheirinho extra, pois, centenas de torcedores e simpatizantes invadem as ruas, avenidas e bares da cidade, além de lanchonetes, distribuidoras de bebidas, mercados, lojas, conveniências, postos de gasolinas e vários outros, como: fabricas de confecções e ambulantes que faturaram antes, durante e depois dos jogos.

 

Por: Wellington Gomes
Esporteenoticia.com

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
Google search engine

Most Popular

Recent Comments